Universidade de Coimbra Alta e Sofia — Candidatura a património mundial

Universidade de Coimbra Alta e Sofia — Candidatura a património mundial

Jardim Botânico

O Jardim Botânico ocupou uma secção considerável da cerca do Colégio de São Bento, entregue à Universidade pelos colegiais beneditinos e alvo de uma profunda intervenção durante a Reforma Pombalina, iniciada em 1774.

Caracterização artística e arquitetónica

O Jardim Botânico ocupou uma secção considerável da cerca do Colégio de São Bento, entregue à Universidade pelos colegiais beneditinos e alvo de uma profunda intervenção durante a Reforma Pombalina, iniciada em 1774.

Em 1854, o engenheiro Pezerat apresentava o projecto para a actual estufa, construção concluída em 1865, e que marca o avanço tecnológico da utilização do ferro e do vidro na arquitectura em Coimbra.

Entre 1944 e 1949 foi construída a fonte do quadrado central, colocados bancos, edificada a estufa fria e renovados os acessos entre as várias secções do jardim e da mata.

A sobrevivência de alguns elementos arquitectónicos do antigo Colégio de São Bento, como a capela existente na mata do Jardim Botânico, confere ao local um carácter romântico historicista.

A par dos elementos arquitectónicos e escultóricos, a grande riqueza do Jardim Botânico é, obviamente, o património biológico, com as suas milhares e antigas espécies vegetais.

Proposta de Intervenção

A valorização do Jardim Botânico de Coimbra passa por uma estratégia global de recuperação da importância do jardim ao nível científico e pedagógico, mas também como espaço urbano público.

O património edificado da zona do Jardim Formal apresenta algumas situações que carecem de intervenção com o objectivo de pôr termo ao agravamento do seu estado de conservação. Os elementos escultóricos dos muros, a estatuária e os portões deverão ser alvo de restauro pormenorizado, estando já a decorrer obras de conservação e restauro em alguns destes elementos. Relativamente aos edifícios, estufas, estufins e outras construções de apoio deverão sofrer, de um modo geral, intervenções de conservação e restauro. Está em curso a elaboração de um projecto para a reabilitação da Estufa Grande.

Relativamente à Mata, o edificado encontra-se bastante degradado e os caminhos precisam, em geral, de manutenção adequada.

A proposta apresentada pauta-se pelo aproveitamento dos edifícios existentes, recuperando tanto quanto possível e desejável as funções originais ou adequando-os a novas necessidades.

Ficha técnica PDF

Close

Coimbra

A carregar…

Está a utilizar um browser desatualizado!

Para uma melhor experiência e visualização deste site, atualize para
a versão mais recente de um destes extraordinários browsers:

Fechar